“Poema Pesquisa” – Vídeo de Kerollayne no Museu da Pessoa

O poema de Kerollyne Gominho traduz os sentimentos vividos ,enquanto pesquisadora, em busca de entender a extensão dos danos causados pela desterritorialização forçada da população de sua terra natal, atingida pela barragem de Itaparica.

Kerollayne Cavalcante Gominho, nasceu em Petrolândia-PE, no ano de 1994, sua Trisavó Maria Cavalcante Nunes, foi a primeira professora do povoado da Várzea Redonda e uma das primeiras do Município de Petrolândia. É filha de Amilson e Claudiane, Feirantes, neta de Toinha e Mário Gominho, também de Preta e Sancho da feira. Irmã de Amilson Filho. Morou na cidade natal até seus 19 anos, em 2014 foi estudar em Garanhuns-PE, onde se formou em 2018 pela Universidade de Pernambuco, como Bacharela em Psicologia.

Seu vídeo foi premiado no Concurso “Petrolândia e a Nossa História” , lançado em celebração ao 112 º aniversário da cidade e 7º ano de atividade do IGH, no presente mês, e passa a compor a Coleção “Memórias de Petrolândia” no Museu da Pessoa.

“No dia em que vi o riacho Correr ao Contrário” – Vídeo de Rogério Viana no Museu da Pessoa

O vídeo traz emocionante relato de Rogério sobre sua infância no Povoado de Barreiras nos anos 70-80, e sobre o que viu e sentiu no momento em que as águas da barragem de Itaparica invadiram a propriedade de sua família.

Viana é agricultor, piscicultor e professor no Munícipio de Petrolândia. Seu vídeo foi premiado no Concurso “Petrolândia e a Nossa História” , lançado em celebração ao 112 º aniversário da cidade e 7º ano de atividade do IGH, no presente mês, e passa a compor a Coleção “Memórias de Petrolândia” no Museu da Pessoa.

Confira em : https://acervo.museudapessoa.org/pt/conteudo/historia/no-dia-em-que-vi-o-riacho-correndo-ao-contrario-196601/colecao/127314/