BIB.08 – Oficina do São Francisco: documento da oficina de trabalho sobre desenvolvimento e impactos ambientais no Vale do São Francisco

Sobre a obra

Recife (PE), 1992

BIB.08

GÊNERO

Narrativo.

RESENHA

No IV Congresso Nordestino de Ecologia, ocorrido no Recife, entre os dias 21 a 25 de maio de 1991, com o tema “Meio Ambiente no Nordeste: Perspectivas para a década de 90” foi realizada a Oficina de Trabalho “Desenvolvimento e Impactos Ambientais no Vale do São Francisco” com três dias de duração. A Oficina teve seu objetivo voltado para a análise das transformações que ocorrem no Vale, após a implantação dos novos padrões de desenvolvimento capitalista na região, os quais têm produzido impacto sobre as condições de vida da população e no equilíbrio dos ecossistemas da Região do Vale. Em decorrência da dimensão e importância das discussões desenvolvidas durante a oficina, enfatizadas pela vivência que os participantes apresentaram de sua prática profissional na interpretação e entendimento das diversas situações que se expressam na região do Vale e na vida das organizações populares, firmou-se o compromisso de se produzir um documento síntese da Oficina.

NOTA: Texto extraído dos três parágrafos iniciais da página 7 do livro em sua seção APRESENTAÇÃO.

Sobre as autoras

CAVALCANTI, Helenilda

Helenilda Wanderlei de Vasconcelos Cavalcanti possui graduação em Bacharel e Licenciatura em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife/Universidade Federal de Pernambuco e doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo. É pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco desde 1980. Possui experiência em pesquisa na área de Psicologia social com o tema das representações sociais e imaginário social, trabalhando na interface com a sociologia urbana, atuando principalmente nos temas relacionados com pobreza, sentidos, identidade, migração, problemas urbanos e cidades. Atualmente amplia as suas reflexões no campo da psicanálise. Possui experiência de ensino e orientação de alunos de graduação e pós-graduação. Professora no Curso do Mestrado Profissional em Políticas Públicas da Escola de Governo da Fundação Joaquim Nabuco no período de 2000 à 2004. Pesquisadora visitante no Centre of Latin American Studies - University of Cambridge, em 2011.

(Certificado pelo autor em 01/02/2017 no Lattes)

MONTEIRO DA CRUZ, Maria Adélia

Maria Adélia Borstelmann de Oliveira é Professora Titular da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE desde 1984 e Professora Sênior desde 2020. Bacharel em Ciências Biológicas pela UFRPE (1979), especialista em Conservação e Manejo de Primatas pela Universidade de Brasília - UNB (1985), mestre em Fisiologia e Farmacologia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (1985) e doutora em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo - USP (1998). Atuou como pesquisadora colaboradora do Wisconsin Regional Primate Research Center, University of Wisconsin, Madison, USA (1993-1994) e no Molecular Ecology Laboratory, Queen Mary and Westfield School, London University, UK (1994-2000). É sócia fundadora da Associação Pernambucana de Defesa da Natureza - ASPAN (1979), onde exerceu vários cargos de diretoria, inclusive a Presidência (1990-1994). Na Sociedade Brasileira de Primatologia (SBPr) exerceu cargo de direção em diferentes gestões, incluindo a presidência (2012-2013). Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Mamíferos, especialmente Primatas, nos temas Ecologia, Fisiologia, Comportamento e Conservação.

(Certificado pelo autor em 17/06/2021 no Lattes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s